Filosofia oriental baseada no realinhamento
da Cintura Escapular e Pélvica

Sintomas

Hoje em dia 90% da população sofre de dores na coluna provocadas pelo desnível da cintura escapular e pélvica.O desnível da cintura escapular pode ser ocasionado por um esforço físico ou acidente, deixando um ombro mais alto que o outro e um braço mais curto que o outro.O desnível da cintura escapular contrai os músculos da cervical, comprimindo os nervos ocasionando a má circulação. O sangue circula com dificuldade para a cabeça ocasionando pressão, em seguida dor de cabeça constante.
Crianças costumam sentir muita dor de cabeça, fato que pode estar relacionado com o desnível da cintura escapular.

Outros sintomas que podem estar relacionados com o desnível da cintura escapular são: tonteira, enjoo, pressão nos olhos, dor na nuca, dor nos ombros, má circulação, adormecimento dos braços, palpitação, cervicalgia e até mesmo uma hérnia de disco na cervical.

Já o desnível da cintura pélvica também é provocado por um esforço físico ou um acidente. Nesse caso o osso da bacia fica desnivelado deixando uma perna mais curta que a outra. Com uma perna mais curta que a outra ocorre uma contratura no músculo da lombar que comprime os nervos, principalmente o nervo ciático.

Outros sintomas que podem estar relacionados com o desnível da cintura escapular são dor na planta dos pés, tornozelo, joelho e calcanhar e até uma hérnia de disco na lombar.

Ficar com dor não é legal! Nosso corpo e mente devem estar em equilíbrio. Não permita que esses desconfortos tirem o seu sono. Agende uma avaliação sem custo e descubra se você tem o desnível da cintura escapular e/ou pélvica.